ZIMUN em residência artística em Portugal

ZIMUN em residência artística em Portugal

Após o lançamento do single Paraísos Artificias, seguido do seu disco debut Pra Frente, editado em Portugal e na Europa pela Lusitanian, ZIMUN anunciam nova visita a Portugal:
Os Zimun definem-se pela sua criatividade, capacidade de improviso e pelas construções sonoras arquitetadas no som que vem das ruas.
Jazz, rap, um pouco de rock, afrobeat e MPB
juntam-se para criar um novo estilo que se funde no próprio grupo: o Street Jazz.

De 4 a 11 de Novembro vão estar em residência no Espaço Espelho d’Agua em Belém, para travar conhecimento com outros artistas Lusófonos e preparar um concerto especial.

https://www.youtube.com/watch?v=hoLVE-lJtPU

Os Zimun são um quinteto oriundo de Belo Horizonte, Brasil, formado em 2009 e constituído por Fernando Castilho, Matéria Prima, Ravel Veiga, Gabriel Bruce e Edgar Dedig.

Visitaram Portugal em 2014 para uma primeira apresentação do seu trabalho e, desde então, a vontade de desenvolver uma relação mais longa e profunda com o berço da lusofonia é enorme.

Os Zimun estarão em Portugal em novembro de 2015 para uma residência artística de uma semana na qual pretendem desenvolver ligações com artistas portugueses e apresentar este novo trabalho ao vivo, pela primeira vez. Intitulam-se de instrumentalistas e experimentalistas. À tríade guitarra, baixo e bateria soma-se um didgeridoo, congas, trompete e sintetizadores. Melodia, harmonia, ritmo, dinâmica e timbres. Nessa fusão sonora, os Zimun despertam várias sensações.

A missão de Zimun é propor Evolução e Transformação por meio da Música.
A banda avança numa nova direção, a do jazz, na qual se nota a influência nos arranjos e improvisos. No rap e na melodia, através dos MC’s, nota-se a busca pela sinceridade da poesia quotidiana das cidades.